0 Item

Uma “pitada” de história da Visão Robótica

O primeiro robô industrial foi o Unimate criado por George Devol que recebeu o título de “Avô da Robótica”. Foi instalado numa fábrica da Ford Motor Company em 1961. Os robôs são mecanismos automáticos que utilizam circuitos integrados para realizarem atividades e movimentos humanos simples ou complexos. Atualmente é aplicado na indústria, comércio, medicina etc.

APLICAÇÕES

Hoje para o comerciante ter uma câmera inteligente em seu estabelecimento, significa entender seu cliente, o perfil de consumo, suas preferências e o volume que ele representa dentro de um fluxo generalizado.

Esse fluxo, analisado de maneira inteligente, por ferramentas tecnológicas, substitui a contagem manual que consome tempo e energia do funcionário, evitando erros humanos normais e ainda permite uma confiabilidade de até 99%. Uma loja com várias entradas, por exemplo, pode precisar de vários funcionários para rastrear a ocupação. Acrescente a isso os encargos trabalhistas que são bastante onerosos. É um desperdício de custos.

Além da contagem de pessoas, é importante conhecer o cliente de forma mais apurada, sabendo sexo, faixa etária, fidelidade e preferências, através de observação de vitrines e promoções e até produtos que não são observados por ele.

Desta forma, com o uso da câmera, associado a sistemas inteligentes, o comerciante pode obter eficiência na oferta de produtos e o mais importante, uma venda canalizada e constante.

CONCORRÊNCIA – MARKETING – VENDAS

O mundo virtual hoje exige precisão de informações e as empresas se multiplicam pelo mercado no Brasil e no exterior. Aqui no país, existe uma forte concorrência das empresas que oferecem produtos de visão robótica e atendem cada vez mais, setores que necessitam conhecer profundamente seus clientes.

Esses produtos para as áreas de Marketing e Vendas são fundamentais para promover ações e fechamento de negócios. É a tecnologia utilizada de forma direcionada e não invasiva que resulta no encantamento do cliente, por receber aquilo que ele procura pela observação de seus movimentos dentro de seus estabelecimentos.

Essas informações importantes auxiliam os profissionais a entender por que necessitam de uma ferramenta como essa para o aumento e melhoria de qualidade de suas vendas.
Nesta 3ª feira explicaremos como entender melhor o seu cliente.

FIQUE ATENTO E SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS